Brasília Amapá |
Manaus

“Pensão macabra”: em menos de uma semana, três assassinatos aconteceram no mesmo prédio no Centro de Manaus; veja vídeo

Compartilhe
"Pensão macabra": em menos de uma semana, três assassinatos aconteceram no mesmo prédio no Centro de Manaus; veja vídeo

Brasil – Em menos de uma semana, a pensão localizada na rua Joaquim Nabuco, Centro de Manaus, tem sido palco de crimes terríveis: assassinatos distintos evolvendo jovens. O caso chamou atenção de moradores próximos ao local, que estranharam a regularidade entre os crimes que ocorreram no local e deram a alcunha de “pensão macabra” para a localidade.

Crimes

Um homem, ainda não identificado, foi encontrado morto na manhã desta segunda-feira (19), em uma pensão no Centro de Manaus.

O Sartento Orestes Ribeiro, da 24ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom), revelou que por volta de 6h30, houve a denúncia por populares em que o cidadão foi alvejado.  Ainda de acordo com informações repassadas à polícia, a vítima havia sido arrastada por criminosos até o interior desse prédio. Mais tarde ele foi encontrado na cobertura degolado e aí foi acionado a Força Tática., relatou o sargento

Após o crime, um homem suspeito foi preso com uma arma de fogo após tentar se esconder no prédio em frente. “Segundo informações de populares também, o mesmo estava envolvido nessa situação e correu para aquele hotel que fica logo à frente. A Força Tática adentrou e efetuou a prisão do mesmo”, disse o sargento.

Domingo de morte

Um homem, que não foi identificado, também foi morto na “pensão macabra” na noite do último (18). De acordo com informações de testemunhas, criminosos invadiram a área e dispararam contra ele ao menos três vezes, matando-o.

Sexta-feira sangrenta

A onda de crimes no local começou com a morte de um jovem adolescente, que havia fugido da casa mãe para ir morar com a namorada. O adolescente de 16 anos, assassinado na tarde da última sexta-feira (16), no Centro de Manaus, havia saído de casa há 4 meses para morar com sua paixão.

Segundo informações da mãe do jovem, ela não sabia exatamente onde o filho estaria morando, mas afirmou que era no Centro e com uma companheira por quem estava apaixonado.

Policiais militares relatam que testemunhas afirmaram que o rapaz havia acabado de entrar em um prédio, na avenida Joaquim Nabuco, por volta das 12h, quando foi chamado por três homens que já chegaram atirando contra ele.

As imagens de câmeras de segurança da localidade já estão com a PC-AM e irão ajudar na identificação dos criminosos.

Ainda não há informações sobre o que teria ocasionado a morte brutal do adolescente. O caso segue sendo investigado.

 


Siga-nos no Google News Portal CM7