Brasília Amapá |
Manaus

‘Pai de santo’ é execut4d0 ao vivo enquanto ensinava seguidora a fazer ‘mandinga do amor’; veja vídeo

Compartilhe

Brasil – Um homem foi baleado e morto durante uma transmissão ao vivo nas redes sociais, nessa última terça-feira (1º), na cidade de Caturaí, região metropolitana de Goiânia, em Goiás. Itamar Dofono Silva conversava com seus espectadores quando foi atingido.

Nas imagens, é possível ouvir gritos e disparos. Logo em seguida, a tela fica preta. A live continuou por mais 30 minutos e vários participantes acompanharam o ocorrido.

A polícia investiga o motivo do homicídio. Uma das suspeitas é de que o crime tenha sido ordenado de dentro de um presídio por um homem que teria sido preso após denúncias de Itamar. Outra hipótese é de que o autor dos disparos tenha sido ameaçado pela vítima.

Policiais fizeram buscas pela região e encontraram o autor dos tiros, com outras duas pessoas, em uma região da mata. O suspeito trocou tiros com os agentes e morreu.

A corporação disse que o suspeito de homicídio usava nome falso e já tinha passagem criminal. Revólver, munições e roupas usadas durante o crime foram apreendidas.

Após o crime, a namorada da vítima fez outra transmissão ao vivo para confirmar a morte de Itamar. “Está sendo um momento muito difícil, então eu peço a compreensão de todos vocês nesse momento… eu só peço que vocês fiquem com as lembranças, com os momentos bons”, falou.

Veja vídeo:

 


Siga-nos no Google News Portal CM7