Brasília Amapá |
Manaus

Padrasto é preso por abus4r sexu4lm3nte de enteada de 13 anos em Itacoatiara; veja vídeo

Compartilhe

Amazonas – A Polícia Civil do Amazonas (PC-AM), por meio Delegacia Especializada de Polícia (DEP) de Itacoatiara (a 176 quilômetros de Manaus), cumpriu, na quinta-feira (18), mandado de prisão preventiva de um homem, 36, por estupro de vulnerável praticado contra a própria enteada, de 13 anos. O crime iniciou em dezembro de 2023.

Em coletiva de imprensa, o delegado Paulo Mavignier, diretor do Departamento de Polícia do Interior (DPI), informou que em 2024, essa é quarta prisão exitosa referente a esse tipo de crime no interior do Estado. As outras prisões ocorreram em Coari, Tefé e Rio Preto da Eva.

“Esses dados são alarmantes e precisam ser combatidos de forma veemente. A nossa diretriz estabelecida pelo delegado-geral Bruno Fraga é que sejamos firmes no combate a abusos sexuais cometidos contra crianças e adolescentes”, enfatizou o delegado.

Mavignier ressaltou que cada vez que a população toma conhecimento de notícias sobre a prisão de abusadores, consequentemente mais denúncias são realizadas à polícia.

“O apoio da população com denúncias é essencial, pois com isso iniciamos as investigações para chegarmos à autoria do crime”, afirmou.

Investigação

De acordo com o delegado Paulo Barros, da DEP de Itacoatiara, o crime foi descoberto após a adolescente contar que era abusada sexualmente pelo padrasto, após ela participar de uma palestra que ocorria na escola. De imediato, a vítima juntamente com sua irmã, foram até a delegacia e denunciaram o infrator. O Conselho Tutelar do município também foi acionado.

Segundo o delegado, em escuta especializada, a vítima relatou que o padrasto aproveitava as ocasiões em que estava a sós com ela para praticar os abusos. Em dezembro de 2023, ela estava dormindo em seu quarto e acordou com o autor tocando seu corpo.

“Na ocasião, ele pediu para que ela não reagisse e consumou o estupro pela primeira vez. O homem chegou a abusar dela outras vezes e a ainda a ameaçava para não contar a ninguém”, relatou.

Após a ordem judicial ser decretada pela Justiça, os policiais realizaram diversas buscas para localizar o autor, e ele foi localizado e preso em um sítio próximo à Vila de Lindóia, zona rural do município.

O homem responderá por estupro de vulnerável e ficará à disposição da Justiça.

VEJA VÍDEO


...........

Siga-nos no Google News Portal CM7