Manaus 32º
segunda-feira - 22 de novembro de 2021

Militar da Marinha é morto durante troca de tiros em rio no Amazonas

Compartilhe

Amazonas – Uma troca de tiros na madrugada do último domingo (21), deixou o militar da Marinha, Lenivaldo Souza Filho, de 42 anos, morto durante um patrulhamento no rio Uatumã no Amazonas. Lenivaldo chegou a ser socorrido e encaminhado ao Hospital Jofre Cohen, no município de Parintins, mas não resistiu aos ferimentos.

Outro militar também foi baleado durante a ação e conforme a Marinha, segue hospitalizado na mesma unidade, sem mais informações sobre o estado de saúde.

Em nota a Marinha do Brasil informou que houve uma troca de tiros envolvendo tripulantes do empurrador Waldemiro Lustoza V e da lancha do Navio-Patrulha Fluvial Rondônia, devido a aproximação da lancha para procedimento de abordagem ao empurrador. Dois militares da lancha do NPaFlu Rondônia foram atingidos, com um deles indo a óbito e o outro removido para o hospital de Parintins, onde passa por cirurgia e acompanhado por médico da Marinha.

O empurrador Waldemiro Lustoza V, informou que três foram feridos a bordo, mas nenhum em estado grave. Ainda em nota, a Marinha manifestou solidariedade com familiares e entes do militar que foi a óbito e está prestando toda a assistência necessária. Um inquérito policial foi aberto para a apuração do caso.

Lenivaldo deixa esposa e três filhos, dois jovens e uma criança de cinco anos. A irmã do militar conta que ele servia há nove anos a Marinha na capital amazonense e que a família aguarda o corpo dele completamente abalada para ser velado em Manaus.

O corpo do militar chega por volta de 15h15 em Manaus e o velório deve ocorrer na Paróquia Nossa Senhora dos Navefantes, Capelania do Comando do 9º Distrito Naval-Marinha, localizada na vila Buriti, Distrito Industrial. Após o velório, o corpo de Lenivaldo será levado a Santarém onde será sepultado.

 

 



Vitória Supermercados