Manaus

Membro de facção suspeito de sequestro e decapitação de jovem em canoa, é preso em Manaus

Compartilhe

Manaus – O suspeito, Keven Gomes de Oliveira, de 21 anos, envolvido na morte do jovem que foi sequestrado e delegado na zona Leste, foi preso nesta terça-feira (29), em Manaus.

A prisão ocorreu durante uma operação realizada por volta das 6h, pelos policiais civis da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS) sob cumprimento de mandado.

Keven responderá pelos crimes de homicídio qualificado e sequestro. O infrator será encaminhado à audiência de custódia e ficará à disposição do Poder Judiciário.

Relembre o caso

O crime ocorreu no dia 31 de julho deste ano, no bairro Colônia Antônio Aleixo, zona Leste de Manaus.

O jovem Sândalo Rebouças Marinho, que tinha 19 anos, foi sequestrado, torturado e assassinado por uma facção criminosa. O crime brutal foi registrado em vídeo e viralizado nas redes sociais na época.

Segundo a delegada adjunta da DEHS, Déborah Barreiros, Sândalo foi abordado na rua por Keven Gomes e Alex da Silva Regis, que já foi preso pela PM-AM.

Os dois teriam perguntado de Sândalo o motivo de ele estar naquela localidade. Os suspeitos estavam em busca do irmão de Sândalo, que faz parte de uma facção criminosa.

“A vítima foi questionada sobre seu irmão, entretanto, disse não saber o paradeiro dele, então, Keven e Alex passaram a vasculhar seu celular e encontraram a foto da vítima fazendo um sinal com a mão, e deduziram que ele também fazia parte de um grupo rival”, detalhou a delegada.

Na ocasião, a dupla de criminosos ligou para Jucimara Oliveira do Carmo, conhecida como “Baixinha”, e Gileno Oliveira do Carmo, para decidirem o que devia ser feito com Sândalo.

“A vítima dizia que não pertencia a nenhum grupo criminoso, mas não quis dizer o paradeiro do irmão, por isso, Jucimara e Gileno ordenaram que ele fosse levado para uma espécie de tribunal do crime. Nesse local, Sândalo foi degolado, e os autores filmaram e posteriormente compartilharam os vídeos nas redes sociais”, contou Deborah.“.

Facção criminosa divulga vídeo macabro arrancando cabeça de rival no Amazonas; veja