Brasília Amapá |
Manaus

Justiça decreta prisão preventiva de caminhoneiro responsável por acidente que matou gari em Manaus

Compartilhe

Manaus – Foi decretada pela justiça a prisão preventiva do motorista da carreta envolvido no acidente que matou o gari, Domingos Santana da Silva, de 35 anos, na última segunda-feira (20). A decisão ocorreu após audiência de custódia nesta terça-feira (21).

O acidente ocorreu na Bola da Suframa, no bairro Distrito Industrial I, zona Sul de Manaus. A vítima estava trabalhando quando foi esmagado por um ”amarelinho”, mas o responsável pelo acidente foi o motorista da carreta que estava embriagado, segundo a polícia.

José Santos, de 62 anos, perdeu o controle da carreta e atingiu o micro-ônibus alternativo que capotou e caiu em cima do gari que trabalhava na limpeza da rua junto a sua equipe. Os colegas de trabalho de Domingos chegaram a se unir para retirar o veículo de cima dele mas já era tarde, ele foi a óbito na hora antes mesmo do socorro chegar.

A delegacia onde o motorista da carreta foi preso ficou lotada de garis que se manifestavam pedindo justiça pela tragédia.

Leia mais: Urgente: gari morre após ser atingido por ‘amarelinho’ na Bola da Suframa; veja vídeo

Veja o momento em que gari é esmagado por ‘amarelinho’ enquanto trabalhava na Bola da Suframa

Enterro 

Na manhã desta quarta-feira (22), está sendo realizado o enterro de Domingos Santana da Silva, de 35 anos, no bairro Tarumã, localizado na zona Oeste de Manaus.

Familiares e amigos da vítima se reúnem durante o cortejo no cemitério. Os colegas de trabalho do Secretaria Municipal de Limpeza Pública (Semulsp), também marcaram presença no enterro para homenagear Domingos.

A despedida de Domingos é marcada por muita comoção e tristeza de seus entes queridos que o perderam no trágico acidente de trânsito.


Siga-nos no Google News Portal CM7