Brasília Amapá |
Manaus

Jovem homossexual é espancado e tem cabelo cortado por grupo homofóbico no Viver Melhor

Compartilhe

Manaus- Um adolescente de 17 anos foi agredido por um grupo de homens, na noite dessa sexta-feira (27), no conjunto Viver Melhor, na Zona norte de Manaus. A mãe do jovem, de 37 anos, afirmou que o filho foi espancado e teve os cabelos cortados por ser homossexual.

A mulher contou que, por volta das 20h, o filho saiu de casa para ir até a residência da tia, no bairro Cachoeirinha, na Zona centro-sul, quando no caminho foi abordado pelo grupo. Horas depois, uma mulher, que não teve o nome revelado, avisou que o adolescente tinha sido espancado.

O adolescente de 17, de acordo com a mãe, foi espancado com pedaços de madeira por todo o corpo e teve os cabelos cortados pelo grupo. A mulher acredita que o filho foi vítima de homofobia seguida de agressão.

O jovem foi encaminhado pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), para o Hospital e Pronto Socorro João Lucio, onde passou por cirurgia e aguarda laudo médico, mas encontra-se consciente na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) da unidade.

A mãe disse também que deve registrar o caso na Polícia Civil (PC). Por enquanto, nenhum dos suspeitos de ter agredido o adolescente foi identificado.


Siga-nos no Google News Portal CM7