Brasília Amapá |
Manaus

Jardineiro desaparecido foi carbonizado e desovado em área de mata por conta de R$ 250 reais, afirma cunhado da vítima

Compartilhe
Jardineiro desaparecido foi carbonizado e desovado em área de mata por conta de R$ 250 reais, afirma cunhado da vítima

Manaus –  Após ficar desaparecido por 6 dias, o corpo de um homem que foi torturado e carbonizado na noite da última quarta-feira (12) foi identificado como Alef Passos da Silva, de 27 anos. Segundo afirma um familiar identificado como o cunhado da vítima, Afef foi morto por causa de uma dívida de R$ 250,00.

O corpo foi encontrado em uma área de mata, no ramal Água Branca 2, zona oeste de Manaus. Ainda Segundo a polícia, o corpo foi encontrado por uma pessoa que passou pelo local e acionou o 190. Logo depois, policias militares da 20ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom) passaram a fazer buscas na área.

O homem foi carbonizado no local e baleado com pelo menos um tiro. O corpo já estava sendo comido por animais. A área foi isolada pela polícia.

O advogado da família também afirmou que o jovem era usuário de drogas, mas a vítima não tinha envolvimento com o tráfico ou passagem pela polícia.

Desaparecimento

Alef estava desaparecido há seis dias, e havia sido visto pela última vez no bairro Lago Azul, na Zona Norte de Manaus. Ele foi encontrado com o corpo carbonizado nesta quarta-feira (12), no ramal Água Branca 2, localizado no quilômetro 35 da rodovia AM-010, por caçadores da região.

O caso segue em investigação pela Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS).


...........

Siga-nos no Google News Portal CM7