Brasília Amapá |
Manaus

Exclusivo: Delegado de Pauini agrid3 mulher em ataque político; veja vídeo

Compartilhe

Amazonas – Na noite deste sábado (15), um ato covarde envolvendo o delegado de Pauini, interior do Amazonas, deixou a comunidade revoltada. Uma mulher, identificado como Tuane Brito, foi violentamente agredida pelo escrivão, apontado como Alisson, que atua como delegado no município, após um desentendimento em uma praça pública.

Imagens registradas por testemunhas mostram Tuane com o rosto ensanguentado no meio da rua. Efraim, primo da vítima que testemunhou a agressão, alegou que o delegado desferiu socos no rosto da mulher e deixou o local sem prestar socorro.

De acordo com relatos, Alisson estava acompanhado da namorada, uma funcionária de confiança do prefeito Renato Afonso, quando agrediu a vítima.  Testemunhas e a vítima afirmam que o delegado é protegido pelo prefeito do município.

Veja o vídeo: 

Tudo teria começado quando Tuane, ao avistar o delegado e um fornecedor da prefeitura passando de carro pela rua, comentou: “Se cuidem que a Federal tá em Pauini, e te cuida também, delegado, que você anda fazendo muita coisa errada.”

O comentário teria irritado Alisson, que saiu de onde estava para ir confrontar Tuane, questionando o porquê daquelas palavras. Ao ouvir a resposta, ele a agrediu com um soco no rosto. Em seguida, o cunhado do delegado, que o acompanhava, também agrediu a vítima.

Na ocasião, Efraim tentou intervir, questionando o delegado: “Delegado, minha prima será agredida novamente em praça pública?” Em resposta, Alisson continuou a agressão. Efraim afirmou que não revidou porque o delegado estava armado e parecia estar sob efeito de entorpecentes, o que poderia ter resultado em uma tragédia ainda maior.

Veja os relatos: 

 

Politicagem

A agressão tem contornos políticos. Efraim alega que o delegado atacou Tuane para defender o prefeito Renato Afonso, que o protege. Segundo ele, Tuane já foi agredida anteriormente por assessores do prefeito e tem cicatrizes dessas agressões. Tuane é considerada oposição ao atual prefeito.

Após a nova agressão, um boletim de ocorrência sobre o caso foi registrado. Tuane passará por exames de corpo de delito, e as autoridades prometeram tomar medidas. Segundo informações preliminares, o delegado Alisson já estaria afastado de suas atividades.


Siga-nos no Google News Portal CM7