Brasília Amapá |
Manaus

ESCÂNDALO: filho de Lula é acusado de agr3dir a própria esposa: “Me cham0u de put4 e me ameaç0u!”

Compartilhe

Brasil – A psiquiatra Natália Schincariol, ex-companheira de Luís Cláudio Lula da Silva, filho do presidente Lula, deu detalhes de como foram as agressões psicológicas que ela afirma ter sofrido e que foram objeto de um registro de ocorrência feito na Polícia Civil de São Paulo. Segundo Natália, os ataques de Luís Cláudio contra ela passaram a ocorrer depois que a psiquiatra teria descoberto, em mensagens no celular, uma série de traições cometidas pelo filho do presidente.

“Sofri ofensas e xingamentos. Fui chamada de ‘vagabunda’, ‘puta’, ‘gorda’ e ‘feia’”, contou.

O registro de ocorrência feito por Natália na Polícia Civil de São Paulo fala em uma suposta cotovelada cometida por Luís Cláudio contra ela. A “cotovelada na barriga” descrita no documento, segundo ela, ocorreu quando os dois brigavam pela posse do celular dele.

“Descobri 30 traições dele pelo WhatsApp e aí ele começou com violência psicológica, não queria sair da minha casa”, disse Natália. Ela afirmou que o apartamento onde os dois moravam, em São Paulo, é do casal. “Ele deu a cotovelada para eu soltar o celular. Ele jogou, assim, com o cotovelo para eu soltar o celular porque eu tinha descoberto todas as traições, descoberto quem ele era”, completou.

“Ele queria tirar o celular da minha mão, porque eu achei todas as traições no celular. A gente entrou nessa briga de ele puxar o celular e eu puxar o celular. Ele deu uma cotovelada para eu soltar o celular. Mas o ponto não é isso, não teve agressão física. Foi mal colocado no registro de ocorrência”, afirmou.

Filho de Lula teria citado o presidente para ameaçá-la

Segundo a psiquiatra, Luís Cláudio lhe dizia que, caso fosse denunciado, acabaria protegido pelo pai e pela Justiça. “A ameaça foi: ‘se você contar pra alguém que eu te traí, meu pai vai acabar com você, minha família vai acabar com você, o juiz vai ficar do meu lado porque eu sou filho do presidente’”, relatou.

“Ele vai alegar que estou mentindo e vai acabar com minha vida. Ele tem poder, eu não sou ninguém”, disse ela. “Tenho medo do que ele vai falar, porque ele é sujo, é baixo”.

Apesar da denúncia contra o filho do presidente, Natália afirmou não acreditar que Lula vá defendê-lo e declarou que o petista “não tem nada a ver com isso”.

Até o momento, Luís Cláudio Lula da Silva, ainda não se manifestou sobre o assunto.


...........

Siga-nos no Google News Portal CM7