Manaus 32º
terça-feira - 20 de setembro de 2022

CV proíbe candidatos de entrarem nas favelas do Amazonas

Compartilhe

Amazonas – Na manhã desta terça-feira (20), o Portal e TV CM7 Brasil recebeu uma denúncia referente a ação de membros de facção no período de campanha eleitoral no Amazonas. Na ocasião, cabos eleitorais estão sendo expulsos sob ameaça de mortes; assessores estão tendo os carros quebrados; e mensagens macabras estão sendo divulgadas nas redes sociais, tudo para que o candidato não pise no local para pedir votos.

Uma das situações ocorreu durante a campanha de um candidato ao Governo do Amazonas, realizado no conjunto Vila Amazonas, bairro Nossa Senhora das Graças, zona Centro-Sul de Manaus, onde uma cabo eleitoral foi barrada e confrontada com uma arma na cabeça, logo na entrada do conjunto por estar entregando panfleto do seu candidato.

No decorrer da campanha eleitoral realizada no bairro Educandos, zona Sul de Manaus, outra equipe foi barrada e ameaçada com armamento de fogo por membros de facções criminosas, por também estarem pedindo votos na região para o mesmo candidato.

Alem das duas situações mencionadas, o carro de um assessor parlamentar foi quebrado durante uma caminhada.

 

O que a mídia não mostra é justamente o perigo que se faz presente na campanha eleitoral de alguns candidatos. E os mesmos só divulgam que estão sendo bem recebida pelo povo, o que não é totalmente verdade. A taxa de rejeição atualmente de candidatos é maior do que foi divulgada, e a realidade é que a política perdeu totalmente o controle dos território para as facções criminosas que no momento, demonstram estar ao lado da população para impedir que políticos desonestos sejam eleitos.

No entanto, a situação acaba não sendo justa para os cabos eleitorais que só estão realizando o seu trabalho de encarar o povo no lugar de candidatos que estão luxando com fundo partidário.

Vitória Supermercados