Brasília Amapá |
Manaus

Criminosos que mataram professor de Jiu-Jitsu são presos em Manaus; veja vídeo

Compartilhe
Criminosos que mataram professor de Jiu-Jitsu são presos em Manaus; veja vídeo

Manaus – Em uma ação coordenada pela Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), a Operação Iscariotes levou à prisão de quatro pessoas envolvidas na execução do professor de jiu-jitsu James Nascimento Mota, de 49 anos. A operação, deflagrada na terça-feira (18), desmantelou uma rede criminosa que planejou e executou o homicídio ocorrido no dia 8 de março deste ano.

Um vídeo da operação mostra o momento das prisões e a apreensão de provas que devem auxiliar no julgamento dos envolvidos.

Detalhes do Crime

James Nascimento Mota foi brutalmente assassinado por volta das 6h da manhã, na rua 5 de Setembro, bairro São Raimundo, Zona Oeste de Manaus. O professor foi alvejado por disparos de arma de fogo ao chegar à academia onde treinava. Ele foi encontrado morto dentro de seu próprio carro, com um tiro na cabeça, em frente à academia.

Testemunhas relataram que um motoqueiro, usando uma balaclava, estava no local no momento em que James chegava. O suspeito então se aproximou do carro da vítima e efetuou os disparos fatais.

Operação Iscariotes

As investigações conduzidas pela DEHS revelaram uma complexa rede criminosa por trás do homicídio. A operação identificou e prendeu os mandantes, intermediadores, apoiadores logísticos e o executor do crime. A motivação para o assassinato foi relacionada ao comércio de ouro, indicando a profundidade e a organização da rede envolvida.

Prisões e Coletiva de Imprensa

A Operação Iscariotes não apenas levou à prisão dos suspeitos, mas também revelou detalhes importantes sobre a dinâmica do crime e os envolvidos. A polícia espera que essas prisões ajudem a esclarecer outros crimes relacionados ao grupo.

Relembre caso da morte do professor de Jiu Jitsu:


Siga-nos no Google News Portal CM7