Brasília Amapá |
Manaus

Aos prantos, esposa de PM m0rto durante tir0teio em Manaus desabafa: “Um grande pai, um grande homem”; ouça

Compartilhe

Manaus – Na manhã desta segunda-feira (10), amigos, familiares e colegas de farda se reuniram para prestar suas últimas homenagens ao Policial Militar José Antônio, que morreu em um tiroteio ocorrido ontem (9), no Centro de Manaus.

O policial José Antônio perdeu a vida em serviço após responder a uma denúncia de violência doméstica. A soldado da PM Thaís Helena acionou a polícia enquanto era agredida pelo namorado, um sargento do Exército identificado como Diego Azevedo Fernandes. Ao ver a viatura chegando no local, Diego atirou contra os policiais militares, tendo atingido José Antônio na cabeça. Ele chegou a ser socorrido, mas não resistiu aos ferimentos.

A esposa de José Antônio, Luciane Almeida Sales, afirmou que era um sonho do marido ser militar, ainda que ela tivesse muito medo de ele não voltar pra casa.

“Era um grande pai, um grande homem. Sempre foi um bom filho, um bom pai, um bom marido, um bom companheiro”, disse.

Ouça áudio completo:

José Antônio deixa dois filhos, uma jovem de 22 anos e um adolescente de 13.

Entenda o caso 

Segundo informações da Polícia Militar, o crime começou quando uma mulher, identificado como Thais C., aluna da PM, solicitou que uma viatura policial parasse para relatar uma agressão supostamente cometida por Diego, seu namorado.

Ao se aproximarem para averiguar a situação, o soldado José Antônio e o sargento Weldmann Teixeira foram recebidos com disparos pelo oficial do Exército, e revidaram. Na ocasião, Diego Azevedo foi atingido e morreu no local.

José Antônio foi atingido violentamente por um tiro na cabeça, enquanto Weldmann Teixeira sofreu um ferimento na perna. Ambos foram encaminhados para atendimento médico, mas José Antônio acabou não resistindo e foi a óbito.

O Portal e TV CM7 fez uma reportagem sobre o caso.

Confira:


Siga-nos no Google News Portal CM7