Manaus 32º
terça-feira - 28 de dezembro de 2021

Adolescente denuncia personal trainer e revela que ele ofereceu silicone em troca de sexo

Compartilhe

Brasil- Uma adolescente, de 16 anos, denunciou um personal trainer por estupro em Cuiabá. A vítima relatou à Polícia Civil, que o crime aconteceu no escritório dele, durante uma avaliação física para treinos em uma academia. No local, ele fez perguntas de cunho sexual e a assediou.

Ele a questionou sobre seu libido sexual, sobre o tamanho do clitóris dela e até a se “ela daria para ele o que ela dá ao namorado”.

Segundo informações do registro, a vítima conheceu o suspeito enquanto trabalhava como babá. Depois disso, ele ofereceu para ela uma avaliação física. Interessada em frequentar academia, a vítima foi até o local com a proposta de que ele a ajudaria a tomar suplementos e modelar o corpo.

Mas, quando ela chegou no escritório do suspeito, percebeu que não havia nenhum equipamento físico para fazer a avaliação. No local, o personal começou a assedia-la.

A menina contou que o homem ofereceu dinheiro, moto e até mesmo uma cirurgia para colocar silicone em troca de sexo. Ele pediu para ela tirar a roupa e, com medo, ela teria tirado. Depois, ele puxou a calcinha da vítima para olhar sua genitália. Ela conseguiu ir embora e denunciou o caso. A delegacia da Mulher investiga o caso.

Vitória Supermercados