Brasília Amapá |
Manaus

Venezuela destrói avião que entrou no país sem autorização; veja vídeo

Compartilhe

Mundo – As Forças Armadas Nacionais Bolivarianas atacaram um avião invasor em território venezuelano nesta sexta-feira (26). A aeronave vinha de Cozumel, no México, entrou no território venezuelano e chegou a pousar sem autorização. Imagens compartilhadas por militares nas redes sociais mostram o jatinho completamente destruído. O trem de pouso estava acionado, indicando que a aeronave já tinha pousado quando foi atacada.

Segundo o general Domingo Antonio Hernández Lárez, comandante do Comando Operacional Estratégico da FANB, o avião é um “bimotor Gulfstream, branco, matrícula V3-GRS”. A aeronave foi detectada por radares e estava com o transponder desligado.

Segundo o militar, a suspeita é de que o avião pertencia a grupos ilegais de tráfico de drogas e armas. “A Venezuela não será usada como plataforma para tráfico de drogas. A FANB possui toda a tecnologia necessária para tornar a nossa pátria inexpugnável e reagir imediatamente a qualquer entrada não autorizada”, afirmou nas redes sociais.

Não foram dados detalhes sobre a interceptação da aeronave ou sobre eventuais detenções. Imagens postadas na conta das Fanb na rede social X (ex-Twitter) parecem indicar que houve interceptação ainda no ar do jatinho por aviões militares venezuelanos.

A área montanhosa coberta de florestas de Zulia, onde ocorreu o incidente, é fronteiriça à região colombiana de Catatumbo, importante zona produtora de cocaína do país vizinho, e tem sido usada para a construção de pistas de pouso clandestinas usadas pelo narcotráfico. Cartéis mexicanos, como o de Sinaloa, têm estado presentes em Zulia há anos, segundo o site investigativo InSight Crime.

As autoridades venezuelanas têm adotado ações crescentes para deter essas operações criminais. Em 2023, pelo menos 38 aeronaves supostamente usadas pera o tráfico de drogas foram destruídas.

* Com informações do O Globo


...........

Siga-nos no Google News Portal CM7