Brasília Amapá |
Manaus

Rei Charles III se recusa a passar por quimioterapia após descobrir câncer

Compartilhe

Mundo – O rei Charles III, do Reino Unido, não pretende se tratar com quimioterapia, após a descoberta de um câncer durante sua hospitalização para uma operação de próstata, em Londres, segundo o comentarista especializado na família real britânica, Tom Bower.

O especialista afirmou que o monarca de 75 anos prefere usar tratamentos alternativos. “O rei não gosta de quimioterapia, ele sempre argumentou contra isso. Ele acredita muito em ervas naturais, poções e coisas assim”, disse Bower, durante um programa de TV na emissora GB News.

Bower disse ainda que o rei Charles III sempre foi contra a quimioterapia, pois considera o tratamento um risco desnecessário. “Ele não acredita em quimioterapia”, afirmou.

“Ele está seguindo o conselho de Michael Dixon, que dirige o próprio instituto de medicina alternativa natural do rei, desacreditado por muitas pessoas, mas o rei acredita muito nisso” concluiu Bower.

O que se sabe até agora sobre o câncer do rei Charles III?

O rei Charles III enfrenta um recente diagnóstico de câncer, descoberto durante sua internação após uma operação de próstata, em Londres. Entretanto, a natureza e gravidade específicas da doença ainda são desconhecidas.

 

Príncipe assume o trono

Enquanto o rei passa pelo tratamento contra o câncer, o seu filho mais velho, William, 41 anos, herdeiro do trono, retoma as funções para representar publicamente a coroa britânica, após pausa para acompanhar a operação abdominal da esposa, Kate Middleton. William assume as funções reais enquanto durar o tratamento de seu pai.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Siga-nos no Google News Portal CM7