Brasília Amapá |
Manaus

Museus de cera ao redor do mundo retiram estátua de Putin em protesto à guerra

Compartilhe
Museus de cera ao redor do mundo retiram estátua de Putin em protesto à guerra

Mundo – O célebre Museu Grévin, de Paris removeu ontem a estátua de cera do presidente russo Vladimir Putin, em protesto contra sua invasão da Ucrânia. Criada em 2000, a obra já havia sido danificada por visitantes no fim de semana e agora será transferida para um armazém até novo aviso.

Funcionário do museu Grevin embala uma estátua de cera do presidente russo Vladimir Putin - Foto: Julien de Rosa / AFP

Funcionário do museu Grevin embala uma estátua de cera do presidente russo Vladimir Putin – Foto: Julien de Rosa / AFP

O museu está considerando substituí-la por uma estátua do presidente ucraniano Volodymyr Zelensky.

“Hoje não é mais possível apresentar um personagem como ele… pela primeira vez na história do museu, estamos retirando uma estátua por causa de eventos históricos em andamento”, disse o diretor do museu, Yves Delhommeau, à rádio France Bleu.

No fim de semana, a estátua sofreu ataques de visitantes e parecia desgrenhada, disse ele. “Dado o que aconteceu, nós e nossa equipe não queremos ter que arrumar seu cabelo e aparência todos os dias”, disse Delhommeau, que se mostrou aberto à possibilidade de incluir uma estátua do presidente ucraniano no museu.

“Ele (Zelensky) se tornou um herói por ter resistido e por não ter fugido de seu país. Ele poderia perfeitamente ocupar seu lugar entre os grandes homens da história e hoje”, disse o diretor.

 

Brasil

 

A estátua do presidente da Rússia também foi retirada do Dreamland, museu de cera localizado em Gramado, na Serra do Rio Grande do Sul. A informação foi confirmada nesta quarta-feira (2), pelo gerente comercial da empresa, Elodir Côrrea. Segundo a administração do museu, a medida se dá em razão da invasão da Rússia ao território ucraniano, na guerra que já dura uma semana.

“Por este motivo, fizemos a retirada temporária do personagem do Presidente da Rússia, Vladimir Putin, do cenário dos presidentes e vamos deixá-la de fora da exposição ao menos até que a guerra entre Rússia e Ucrânia acabe”, diz.

Com informações via CNN


Siga-nos no Google News Portal CM7