Brasília Amapá |
Manaus

Menina m0rre após contrair ‘ameba comedora de cérebro’ em passeio; entenda

Compartilhe

Mundo – A menina Stefanía Villamizar González, de apenas 10 anos de idade, faleceu após ser diagnosticada com encefalite amebiana, uma rara infecção do sistema nervoso central com uma taxa de mortalidade de 95%. A família da menina acredita que ela tenha contraído a temida ”ameba comedora de cérebro” durante uma viagem para a Colômbia.

Os primeiros sintomas começaram com dor de ouvido e febre, seguidos por vômitos dois dias depois. Após receber tratamento para uma suspeita de infecção no ouvido, Stefanía retornou para casa, onde seu desconforto diminuiu. Entretanto, 15 dias após o início dos sintomas, a menina começou a ter convulsões.

Levada ao hospital, ela permaneceu sob cuidados médicos rigorosos até seu falecimento, três semanas depois. Após semanas de investigação, os especialistas determinaram que a causa da morte foi a encefalite amebiana.

Segundo informações do portal O Globo, os médicos que atenderam a paciente acreditam que a doença foi causada pela Naegleria Fowleri conhecida como “ameba comedora de cérebro”, frequentemente encontrada em piscinas mal cuidadas ou águas estagnadas.

Transmissão

A mãe, Tatiana González, expressou sua devastação ao The Sun, afirmando que a filha teria contraído a infecção pelo nariz enquanto brincava em uma piscina em Santa Marta, Colômbia, no mês de junho.

De acordo com a fonte, o gerente de operações do hotel onde Stefanía teria contraído a ameba prometeu reforçar os padrões de segurança no local.

Siga-nos no Google News Portal CM7