Manaus 29º
sexta-feira - 5 de março de 2021

Loucura: professora tarada pelos seus alunos é presa

Compartilhe

Uma professora casada que fez sexo ao ar livre com um aluno de 15 anos foi sentenciada à pena de reclusão de seis anos e dois meses, no Reino Unido.

Kandice Barber, 35, levou o menor de idade a um campo, beijou-o no pescoço ao lado de um fardo de feno e sussurrou: “O que você quer fazer agora?”, antes de ter relações sexuais completas com ele.

A advogada da mãe de três filhos alegou que, com apenas um metro e meio de altura, ela era muito baixa para fazer sexo com o menino em pé. A professora também havia mentido que não a agenda estava lotada, então estaria sem tempo para cometer o crime que lhe acusavam.

O juiz Bal Dhaliwal disse: “Você agiu em flagrante violação de confiança. Você se aproveitou de uma criança sob seus cuidados e a preparou para sua própria satisfação sexual.”

A professora da Princes Risborough School em Buckinghamshire bombardeou o adolescente com mensagens, incluindo uma em que ela lhe perguntava: “você gosta de seios ou bumbum?”,  enviando a ele uma foto dela mesma em uma cama rodeada de brinquedos sexuais.

Kandice – que foi condenado em Aylesbury Crown Court – foi descoberta depois que fotos de topless que ela mandou para a vítima circularam tanto que acabaram sendo repassadas para o diretor da escola.

Nesta sexta-feira, 5, o aluno – que não pode ser identificado – disse que o caso afetou nos resultados escolares dele.

O marido

Este foi o segundo julgamento de Kandice, depois que ela foi condenada em setembro por enviar ao menino fotos dela mesma em topless no Snapchat entre setembro e outubro de 2018, mas foi absolvida de causar ou incitar uma criança a se envolver em atividade sexual enquanto estava em uma posição de confiança.

Kandice não demonstrou emoção quando os veredictos foram anunciados após 10 horas e 39 minutos de deliberação do júri, olhando fixamente para o outro lado da sala do tribunal.

Vitória Supermercados