Manaus 32º
quarta-feira - 13 de abril de 2016

Forças do Japão estão prontas para míssil da Coreia do Norte, diz secretário

Compartilhe

As forças da autodefesa do Japão (SDF, na sigla inglesa) implementaram todas as medidas contra o possível lançamento de um míssil pela Coreia do Norte, declarou Yoshihide Suga, o secretário-geral do Gabinete.

A mídia americana informou ontem (12) que os satélites dos Estados Unidos obtiveram a informação sobre a intenção da capital norte-coreana, Pyongyang, lançar o míssil balístico da plataforma móvel, constituindo o seu 15º teste, logo na quarta.

“Em razão das SDFs, certamente, as instruímos ser preparadas para qualquer situação, mas não podemos especificar o que eles farão”, disse Suga no seu briefing diário.

O ministro da Defesa japonês disse, em 3 de fevereiro,  que tinha emitido as ordens a abater o míssil coreano que ameaçaria a segurança do Japão. “O governo japonês deve estar preparado a proteger as vidas, e nós estaremos completamente preparados a responder a qualquer situação critica. Participaremos das ações de monitoramento e vigilância”, destacou Suga.

O secretário do gabinete reafirmou que Tóquio estava monitorando atentamente as preparações para os testes nucleares da Coreia  do Norte e cooperando com os EUA e a Coreia do Sul.
Em 19 de abril, os lados devem se encontar em Seul para discutir o programa nuclear da Coreia que escalou consideravelmente as tensões na Península depois que a Coreia do Norte realizou o teste da bomba de hidrogênio em janeiro e lançou o satélite em órbita um mês depois de o líder coreano, Kim Jong Un, ter provocado acusões em testar o novo motor para o míssil balístico intercontinental.

O míssil em questão da Coreia do Norte, segundo o canal americano CNN, é capaz de atingir a Costa do Pacífico dos EUA, estado de Alasca ou a ilha de Guam, no Pacífico.

Vitória Supermercados