Manaus 32º
terça-feira - 5 de julho de 2022

China volta a confinar 1,7 milhão de pessoas alegando novo surto de Covid-19; veja vídeo

Compartilhe
China volta a confinar de 1,7 milhão de pessoas alegando novo surto de Covid-19

Mundo – As autoridades chinesas ordenaram o confinamento de 1,7 milhão de pessoas na província de Anhui, no leste do país, onde foram registrados 300 novos casos de Covid-19 na última segunda-feira (4).

A China é a última grande economia que mantém uma estratégia rígida contra o coronavírus, baseada em quarentenas e testes obrigatórios.

O surto de Anhui, onde as autoridades detectaram centenas de casos na semana passada, acontece no momento em que a economia chinesa começa a se recuperar de um confinamento de meses em Xangai e de restrições severas na capital, Pequim.

Imagens do canal estatal CCTV mostraram as ruas vazias em Sixian no fim de semana e pessoas em filas para a sexta operação de testes de Covid em larga escala nos últimos dias.

Embora o número de casos permaneça reduzido em relação à enorme população da China, as autoridades insistem que a política de “Covid zero” é necessária para evitar uma calamidade nos serviços de saúde.

Leste da China aperta restrições à covid na cidade de Wuxi. Veja vídeo:

 

Vitória Supermercados