Brasília Amapá |
Manaus

Auroras são vistas em vários países do mundo após tempestade solar

Compartilhe

Mundo – Uma tempestade solar provocou auroras boreais no hemisfério norte e auroras austrais no hemisfério sul entre a noite desta sexta-feira (10) e a madrugada de sábado (11).

Os meteorologistas espaciais da NOAA (Administração Oceânica e Atmosférica Nacional dos Estados Unidos) observaram sete ejeções de massa coronal, com impactos esperados que chegaram à terra nesta sexta-feira e podendo persistir até domingo (12).

As ejeções de massa coronal são explosões de plasma e campos magnéticos da coroa solar, causando tempestades geomagnéticas quando são direcionados à Terra. As tempestades podem impactar as infraestruturas na órbita próxima da Terra e na superfície da Terra, podendo prejudicar as comunicações, a rede de energia eléctrica, a navegação, as operações de rádio e satélite.

A aurora boreal ocorre quando há a entrada de ondas de partículas ou ventos solares, energizadas, em alta velocidade na atmosfera. O campo eletromagnético do planeta as redireciona aos polos e sua alta concentração provoca o show.

A aurora austral, como é chamado no hemisfério sul, foi vista na Nova Zelândia e na Argentina.

A aurora boreal foi fotografada nos Estados Unidos e na lugares da Europa.

* Com informações da Folha

 


Siga-nos no Google News Portal CM7