Brasília Amapá |
Manaus

Ataque do Hamas: 260 corpos são encontrados em local de festa rave onde estava pai de Alok

Compartilhe

Mundo – Ao menos 260 corpos foram encontrados após Hamas atacar uma rave em Israel, informou neste domingo (8) o jornal “The Times of Israel”.

Neste sábado (7), o DJ Juarez Petrillo, pai dos DJs Alok e Bhaskar, filmou o momento em que o festival Universo Paralello foi interrompido após a chegada de homens do grupo extremista armado.

O vídeo mostrou fumaça no céu e pessoas se movimentando no evento de música eletrônica. “Estou em choque até agora! E as bombas não param de explodir…”, escreveu Juarez em uma rede social.

Neste domingo, Alok fez um post no Instagram no qual afirmou: “O meu pai foi contratado a se apresentar em um evento que licenciou os direitos de uso do nome do festival, como já aconteceu em diversos outros países. […] ele está seguro em um bunker aguardando direcionamento para retornar ao Brasil”.

A BBC informou que a rave ocorreu no deserto de Negev, no sul de Israel, perto da Faixa de Gaza. A reportagem relatou que os participantes viveram momentos de terror após a chegada de integrantes do grupo extremista Hamas.

Entrevistados afirmaram que havia jipes com homens armados atirando nas pessoas que tentavam fugir a pé ou de carro. Uma mulher disse à agência de notícias de Reuters que teve de se fingir de morta até a chegada do resgate, feito por soldados do Exército de Israel.

Um socorrista declarou à emissora pública Kan News que a rave foi alvo de “um massacre”. Segundo ele, havia cerca de 3 mil pessoas no evento. Ao g1, um brasileiro que estava no local contou como fugiu e declarou: “terroristas atiraram na gente, e vimos centenas de corpos nas ruas” (veja vídeo abaixo).

A disputa mais recente entre Israel e o Hamas entrou em seu segundo dia neste domingo. Mais de mil pessoas já morreram.

 


...........

Siga-nos no Google News Portal CM7