Brasília Amapá |
Manaus

Wilson Lima inaugura novo batalhão da Rocam e destaca o preparo das forças de segurança

Compartilhe

Manaus – O governador Wilson Lima inaugura, nesta quinta-feira (22/02), o novo batalhão das Rondas Ostensivas Cândido Mariano (Rocam), unidade especializada da Polícia Militar do Amazonas (PMAM). O novo prédio faz parte dos investimentos do programa Amazonas Mais Seguro, lançado pelo governador e que prevê, entre outras ações, a melhoria na infraestrutura das forças de segurança.

O novo batalhão da Rocam, localizado na avenida Buriti, no Distrito Industrial, zona leste de Manaus, recebeu estrutura moderna e adequada às necessidades de umas principais tropas de patrulhamento ostensivo do sistema de segurança pública do Amazonas.

Como diferencial, a unidade conta com área de treinamento de padrão internacional para melhor preparação da tropa para incursões em ambientes urbanos hostis nas ações de combate ao crime, como atuação em becos, vielas e imóveis em busca de suspeitos de crimes, drogas e armas ilegais. O objetivo é ter policiais melhor preparados para levar mais segurança à população, aumentando a produtividade e reduzindo índices criminais.

Com investimento de R$ 14,1 milhões, o novo prédio da Rocam funciona onde antes era a antiga sede, desativada em 2014 com a promessa de construção de um novo espaço. As obras realizadas pela Secretaria de Estado de Infraestrutura (Seinfra) iniciaram somente na gestão do governador Wilson Lima, como parte do “Amazonas Mais Seguro”. A área total da construção é de cerca de 9,6 mil metros quadrados.

A Rocam

O batalhão da Rondas Ostensivas Cândido Mariano (Rocam) é uma unidade policial subordinada ao Comando de Policiamento Especializado (CPE), que possui uma patrulha reforçada e treinada para ações táticas de polícia ostensiva e de preservação da ordem pública.

Os policiais militares que compõem a Rocam são treinados para atuação em prevenção, repressão ao crime organizado ou em locais com alto índice de crimes violentos, ocorrências mais complexas e de maior repercussão social e na restauração da ordem pública de maior magnitude. Além disso, a tropa realiza o patrulhamento em viaturas de maior porte e motocicletas e uso reforçado de armamento e equipamentos.

Amazonas Mais Seguro

Mesmo com quedas de receitas do Estado, com planejamento e austeridade, o programa Amazonas Mais Seguro teve investimentos ampliados. Inicialmente orçado em R$ 280 milhões em 2021, o montante de valores já alcança R$ 522,5 milhões. Além de recursos próprios do Estado, também há apoio do Governo Federal.

Os investimentos incluem implantação de um sistema inédito de câmeras inteligentes, o Paredão, melhorias estruturais das forças de segurança e a realização de concursos públicos. Os primeiros aprovados nos certames da área já começaram a ser chamados.

Somente para infraestrutura, o Amazonas Mais Seguro prevê R$ 50 milhões que obras que incluem 28 obras, sendo 16 concluídas (incluindo o novo batalhão da Rocam) e 12 em andamento ou em elaboração de projetos. O valor representa mais de 600 empregos diretos e indiretos.

As obras, que envolvem desde a reforma e adequação de prédios até a construção de novas estruturas, visam o fortalecimento dos serviços prestados à população e à qualidade de vida dos servidores da área de segurança.

Ainda neste primeiro semestre, estão previstas as inaugurações do tanque tático da Companhia de Operações Especiais (COE), utilizado para treinamento da equipe especializada para intensificar atuação em áreas de mata e fluviais; da sede do Comando de Policiamento Ambiental (CPAmb), para reforçar o monitoramento de crimes ambientais; e da Policlínica da Polícia Militar, para exames e atendimentos em especialidades diversas.

O governador Wilson Lima iniciou o ano de 2024 entregando a nova Base Arpão 2 com tecnologia de monitoramento de ponta, instalada entre os rios Negro e Branco, beneficiando os municípios da calha do rio Negro, dentre eles Barcelos, Novo Airão e Santa Isabel do Rio Negro. Também foram entregues viaturas e equipamentos de proteção individual ao Corpo de Bombeiros Militar do Amazonas (CBMAM), somando mais de R$ 12,7 milhões.

Na ocasião, o governador também determinou o deslocamento das bases fluviais Tiradentes e Paulo Pinto Nery para novas áreas: rios da calha do Alto Solimões e para Itacoatiara, respectivamente. Wilson Lima anunciou o início da Operação Impacto, com foco na redução dos índices de criminalidade em Manaus em ações itinerantes que integram todos os órgãos do sistema de segurança pública do Governo do Amazonas.


...........

Siga-nos no Google News Portal CM7