Manaus 32º
sexta-feira - 2 de setembro de 2022

Visa Manaus participa de oficina nacional sobre implantação do Sistema de Gestão de Qualidade no SUS

Compartilhe

Manaus –  A Vigilância Sanitária da Prefeitura de Manaus (Visa Manaus) está participando, nesta quinta-feira, 1º/9, da Oficina de Troca de Experiências do 1º Ciclo de Autoimplantação de Sistema de Gestão da Qualidade em Vigilâncias Sanitárias, evento realizado pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), em Brasília (DF), que estimula o diálogo e a construção coletiva de novas práticas de trabalho entre as dez vigilâncias brasileiras participantes da iniciativa.

Em seu segundo dia de atividades, a Oficina é mais uma etapa do processo de autoimplantação do Sistema de Gestão da Qualidade (SGQ) na Visa Manaus. O SGQ reúne um conjunto de práticas avançadas de gestão, que busca redefinir a própria cultura de trabalho do local onde é aplicado, para trazer maior eficiência, inovação e harmonia entre setores e fluxos.

O trabalho atual de implantação segue as diretrizes do Ministério da Saúde (MS), por meio do Programa de Apoio ao Desenvolvimento Institucional do Sistema Único de Saúde (Proadi-SUS), com a consultoria do Hospital Alemão Oswaldo Cruz (HAOC) e a coordenação-geral da Anvisa.

“O prefeito David Almeida tem dado total apoio à participação da Visa Manaus neste projeto, pioneiro em todo o país, que busca repensar e aprimorar a gestão de Vigilância Sanitária em todos os seus processos, qualificando o serviço oferecido à população. Todos os gerentes da Visa Manaus têm se empenhado ativamente nas capacitações sobre as práticas do SGQ, e, hoje, participam também da Oficina, aprendendo e oferecendo a contribuição da nossa perspectiva única enquanto cidadãos e servidores da capital amazonense”, explicou o diretor da Vigilância municipal, Ewerton Wanderley.

Na quarta-feira, 31/8, a programação da Oficina teve início com um resumo das ações do 1º ciclo de implantação do Sistema, que vem sendo realizado desde o começo do ano. Também houve a palestra especial “Por que mudar o que habitualmente fazemos é tão difícil?”, do pesquisador Cláudio Medeiros, e diversas dinâmicas envolvendo os representantes das Visas participantes. Para esta quinta-feira, as atividades incluem mais dinâmicas de interação entre as vigilâncias municipais e a Anvisa, aprofundando as temáticas relacionadas ao Sistema de Gestão da Qualidade.

Para a chefe do Núcleo de Gestão da Qualidade da Visa Manaus, Karina Pontes, a participação na oficina da Anvisa é mais um marco em um processo de renovação da Gestão em Saúde na Prefeitura de Manaus, cujas práticas, a partir da experiência da Visa Manaus, podem vir a beneficiar toda a Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) e outras instituições municipais.

“Qualificar e incentivar a reflexão sobre as práticas de trabalho na Saúde, e buscar melhorar o atendimento à população, são ideais que estão na própria origem do SUS, e é o que nós, enquanto Visa Manaus, queremos concretizar ao aderir ao SGQ. É um trabalho que, pelos próximos doze meses, período de implantação do Sistema, vai resultar numa Visa mais acolhedora, mais humana e mais integral no serviço prestado à população”, concluiu Karina.

Para o diretor da Visa Manaus, o evento em Brasília fortalece ainda mais o trabalho de qualificação que a atual gestão está realizando no órgão.

“Um exemplo disso é a entrada das servidoras Ana Felisa Hurtado Guerrero, doutora em Saúde Pública formada pela Fundação Oswaldo Cruz e Leidyana Moraes da Costa, doutora em Nanotecnologia Farmacêutica, formada pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul que atuam na Visa Manaus, passaram a integrar, o Comitê Científico da Escola de Saúde Pública de Manaus (Esap) encarregado de avaliar projetos de pesquisa nas linhas de Vigilância em Saúde, Atenção Primária à Saúde e Educação, Promoção e Comunicação em Saúde”, enfatizou.

Ewerton Wanderley acrescenta que a inclusão das servidoras no corpo técnico avaliador da Escola se soma à criação de uma linha de pesquisa voltada exclusivamente para a área de Vigilância Sanitária, incentivando a produção acadêmico-científica direcionada ao aprimoramento do trabalho da Visa.

*Com informações da assessoria*.

Vitória Supermercados