Manaus 32º
terça-feira - 9 de agosto de 2022

Solução para o trânsito: Wilson Lima destaca ritmo acelerado da maior obra de mobilidade de Manaus

Compartilhe

Manaus  – O pré-candidato à reeleição ao Governo do Amazonas, Wilson Lima (União Brasil), destacou que está em ritmo acelerado a maior obra de mobilidade urbana de Manaus, que vai interligar as zonas norte, leste e sul e aumentar a fluidez no trânsito, beneficiando moradores dessas áreas e o polo industrial da capital.

O complexo viário dos anéis Sul e Leste terá 27 quilômetros, que vão solucionar congestionamentos e reduzir o tempo de transporte.

Após ter tirado a obra do zero, Wilson ressaltou que os serviços alcançam 25% no Anel Leste, que terá 18,3 quilômetros de extensão, iniciando no trevo da avenida dos Oitis, no bairro Distrito Industrial, zona sul, e terminando na avenida Margarita, no trecho que compreende o entorno da Reserva Florestal Adolpho Ducke, na zona norte.

Os investimentos são de mais de R$ 226,8 milhões e o projeto, que teve o contrato da obra assinado em 2013, ficou paralisado por cerca de cinco anos e só na gestão de Wilson avançou.

Já o Anel Sul apresenta 75% de conclusão e tem investimentos de mais de R$ 136 milhões. As obras no local foram vistoriadas por Wilson Lima ontem, 8 de agosto.

“O Anel Sul faz parte do maior projeto de mobilidade urbana de Manaus, que se junta ao Anel Leste. Por estes complexos passarão as carretas do Distrito Industrial, que estão vindo para a AM-010, BR-174 e para o aeroporto”, detalhou o governador.

“As carretas que antes trafegavam pela avenida General Rodrigo Otávio, pelo V8, vão sair dali e isso vai desafogar o trânsito, diminuir o risco de acidente e aumentar a velocidade do transporte público de Manaus, que hoje gira em torno de 14 quilômetros por hora, ressaltou Wilson.

Somente nas obras do Anel Sul estão sendo gerados 3,5 mil empregos. O projeto contempla a duplicação de 8,7 quilômetros da Estrada do Tarumã, dos quais 3,1 quilômetros estão a construir. As obras avançam em seis frentes.

O Anel Sul inicia no Viaduto Lydia da Eira Corrêa e termina na avenida Santos Dumont. O complexo viário Lydia da Eira Corrêa foi concluído em dezembro de 2020 e é o maior e mais completo viaduto já construído no Amazonas com 230 mil m², no entroncamento da estrada do Tarumã com a avenida Torquato Tapajós e a avenida Arquiteto José Henriques.

Melhorias

Para quem mora no entorno das obras dos Aneis Viários Sul e Leste, o projeto representa mais dignidade e progresso para a população e para a cidade.

“Vai melhorar a vida de muita gente, eu transito muito nessa área, faço um trabalho social com moradores do Tarumã e essa melhoria vai ser boa para o comércio, moradores, pessoas que fazem transporte. É um sonho que se realiza para toda a cidade de Manaus, para todo o Amazonas. Só temos a agradecer ao nosso governador”, disse a autônoma Elba Vieira, que trabalha na região das obras do Anel Sul.

“Todo dia de manhã é um movimento grande aqui, então vai ajudar muito, vai fluir o trânsito e ajudar todo mundo que precisa fazer esse percurso aqui. Vai dar mais fluidez no trânsito para quem anda nesse pedaço, para quem mora nesse trecho também”, afirmou o motorista Ernando Carlos, que mora e trafega pela área do Tarumã há mais de 10 anos.

Vitória Supermercados