Brasília Amapá |
Manaus

Prefeitura realiza oficina de atualização prática para tutores da Estratégia Amamenta e Alimenta Brasil

Compartilhe

Manaus – A Prefeitura de Manaus promoveu uma oficina de atualização prática para profissionais da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) que atuam como tutores da Estratégia Amamenta e Alimenta Brasil (EAAB), visando qualificar e atualizar os servidores nas ações de promoção do aleitamento materno e da alimentação complementar saudável para crianças menores de 2 anos. A atividade ocorreu ao longo de dois dias, na quinta e na sexta-feira, 20 e 21/6, no Centro Universitário Fametro, unidade Cachoeirinha, na zona Sul.

A oficina reuniu em torno de 60 participantes, sendo profissionais da rede municipal de saúde e também servidores estaduais que atuam nas maternidades, bancos e postos de coleta de leite humano, e de integrantes do Comitê Estadual de Aleitamento Materno (Ceam-AM).

Na formação, dividida em duas turmas, eles participaram de práticas e estudos de caso com foco no manejo do aleitamento materno e no planejamento e preparo de refeições saudáveis para complemento da alimentação de crianças menores de 2 anos.

“A importância da oficina é assegurar que os tutores da EAAB estejam sempre atualizados quanto às demandas referentes à amamentação e à alimentação saudável, proporcionando um espaço onde eles possam vivenciar situações práticas e esclarecer dúvidas”, assinala a chefe do Núcleo de Atenção à Saúde da Criança e Adolescente da Semsa, Janaína Sá Terra.

Na oficina, explica Janaína, os participantes receberam noções e conhecimentos práticos, como os tipos e opções de alimentos mais indicados em cada idade e cuidados no aleitamento materno. “Uma novidade, neste ano, é que realizamos um circuito de manejo da amamentação, com grupos pequenos de participantes trabalhando diversos aspectos, como intercorrências no aleitamento, como o leite chega até o bebê, a melhor forma de segurar a criança, entre outros”.

Janaína nota que a educação permanente é uma estratégia importante para a capacitação e atualização profissional no apoio às pessoas que amamentam e bebês, favorecendo o aleitamento materno exclusivo e a alimentação complementar saudável até os 2 anos ou mais. Ela relata ainda que, nos últimos anos, tem ocorrido aumento no consumo de alimentos ultraprocessados, inclusive nos primeiros anos de vida, advindo daí casos de carência de nutrientes e sobrepeso e obesidade.

“O tutor atua, nesse cenário, tanto como multiplicadores de conhecimento para outros profissionais da atenção básica quanto na orientação de pais e mães no incentivo à amamentação e à alimentação saudável das crianças”, diz.

A oficina de atualização para os tutores da EAAB em Manaus foi realizada pela Semsa, em parceria com a Secretaria de Estado de Saúde (SES-AM), Fundo Internacional das Nações Unidas para a Infância (Unicef), Agência Adventista de Desenvolvimento e Recursos Humanos (Adra) e Fametro Cachoeirinha.

Estratégia

A EAAB foi lançada em 2012, pelo Ministério da Saúde, com o objetivo de qualificar a atuação dos profissionais de saúde da rede básica nas ações de promoção do aleitamento materno e da alimentação complementar saudável para crianças menores de 2 anos de idade.

A iniciativa tem como escopo aprimorar competências e habilidades dos trabalhadores para a condução dessas ações dentro das atividades de rotina das unidades da rede básica.

* Com informações da assessoria


Siga-nos no Google News Portal CM7