Brasília Amapá |
Manaus

Governo do Amazonas aumenta proposta de reajuste salarial para 15,19% aos trabalhadores da educação

Compartilhe

Amazonas – Após uma nova reunião realizada na quarta-feira (31) entre o Governo do Amazonas e o Sindicato dos Trabalhadores da Educação do Estado (Sinteam), foi anunciado um aumento na proposta salarial aos profissionais da categoria. Agora, a oferta de aumento é de 15,19%. Essa é a terceira proposta apresentada pelo governo aos profissionais, que estão em greve desde 17 de maio.

De acordo com o sindicato, o Governo do Amazonas propõe que o aumento de 15,19% seja concedido de forma escalonada. Seriam pagos 8% de forma imediata, 3% em outubro e 4,19% em maio de 2024. No entanto, os trabalhadores da educação estão reivindicando um aumento salarial de 25%.

Além do aumento salarial, o Estado prometeu devolver os valores descontados dos salários dos trabalhadores que aderiram a greve, desde que ela seja encerrada imediatamente. Até o momento, o governo já descontou 10 dos 12 dias de greve.

Sendo assim, o sindicato informou que irá realizar uma assembleia com os profissionais para analisar essa nova proposta.


Siga-nos no Google News Portal CM7