Manaus 32º
terça-feira - 22 de novembro de 2022

Presidente do PL diz que Gilmar Mendes tenta convencê-lo a desistir de questionar urnas; veja vídeo

Compartilhe

Brasil – É aguardada para hoje (22) a representação do PL no TSE questionando o resultado de runas anteriores ao modelo 2020. A informação foi confirmada pelo próprio presidente da sigla, Valdemar da Costa Neto, no último sábado (19).

Entretanto, segundo o jornalista Claudio Dantas, do portal O Antagonista, o Ministro do STF Gilmar Mendes telefonou de Portugal para Valdemar assim que soube da intenção do partido de apresentar ao Tribunal Superior Eleitoral um relatório que questiona os resultados de cerca de 200 mil urnas. O ministro tentou dissuadi-lo, mas não teria tido sucesso, segundo a reportagem.

Ao telefone, Valdemar demonstrou estar convicto da em relação aos achados do Instituto Voto Legal, mas Gilmar persistiu e teria conseguido um encontro entre ambos ainda hoje. De acordo com o Antagonista, o presidente do PL deve mostrar previamente a Gilmar o documento que protocola no TSE nesta terça-feira.

Decidido

O presidente do Partido Liberal (PL), Valdemar da Costa Neto, confirmou hoje (19) que a sigla apresentará no TSE um pedido de revisão da apuração de urnas anteriores a 2020 utilizadas no pleito deste ano.

Valdemar disse que a intenção não é pedir a anulação completa do resultado eleitoral. Entretanto, uma eventual confirmação de irregularidades em relação a essas urnas poderia, evidentemente, até mesmo alterar o resultado final.

“Nada de ter nova eleição, não vamos propor nada disso, não queremos tumultuar a vida do país. Mas têm umas urnas que têm que ser revistas e nós vamos propor para o Tribunal Superior Eleitoral até a próxima terça-feira essa nova proposta (…) Pelo estudo que fizemos, têm várias urnas que não podem ser consideradas. É no Brasil inteiro, de 2020 para baixo. Todas elas têm o mesmo número, não tem como controlar. Temos a prova e vamos mostrar que essas urnas não podem ser consideradas. Vamos ver o que o TSE vai resolver”. Segundo o presidente do PL, aproximadamente 250 mil urnas apresentariam o mesmo problema.

Assista o vídeo: 



Vitória Supermercados