Brasília Amapá |
Manaus

Jogo do Tigrinho: influenciadores são presos envolvidos em jogo de azar

Compartilhe

Brasil – A Polícia Civil do Paraná (PC-PR) deflagrou, na manhã deste último domingo (19), uma operação contra um grupo de influenciadores digitais envolvidos em um esquema de jogos de azar.

A operação ocorre em Curitiba, Piraquara e Pinhais, na região metropolitana.

Segundo a PC-PR, o grupo é suspeito de lesar vítimas por meio de um caça-níquel eletrônico apelidado de “Jogo do Tigrinho”.

Os investigados utilizavam as redes sociais para divulgar o jogo e atrair novos participantes.

Os influenciadores digitais envolvidos no esquema faziam rifas de carros e valores em dinheiro. As vítimas faziam depósitos em troca da participação nos sorteios, mas os prêmios não eram entregues.

A operação cumpriu dez mandados judiciais, sendo quatro de prisão e seis de busca e apreensão.

Três homens foram presos.

O delegado Tiago Dantas, da Delegacia de Estelionato e do Consumidor da PC-PR, explicou que o grupo utilizava uma plataforma de jogos de azar para enganar as vítimas.

“O grupo criava uma página na internet e disponibilizava um link para que as pessoas pudessem participar do jogo. O jogo era fraudulento e as vítimas não tinham chances de ganhar”, disse o delegado.

Ainda segundo Dantas, as vítimas do esquema eram pessoas de todo o país.

“As vítimas eram pessoas de todas as classes sociais. Algumas delas perderam grandes quantias de dinheiro”, afirmou o delegado.

Os presos serão encaminhados ao Centro de Triagem da Polícia Civil, em Curitiba. A investigação sobre o caso continua.


Siga-nos no Google News Portal CM7