Brasília Amapá |
Manaus

Guarda tenta desativar b0mba caseira e o que acontece com ele é lamentável; veja imagem

Compartilhe

Um guarda municipal identificado como Kleber Pugliezzi, de 44 anos, ficou com uma das mãos dilaceradas após tentar desativar uma bomba, que ele confundiu como um rastreador veicular. O caso ocorreu no município de Valparaíso, no. Distrito Federal.

Segundo apurações preliminares, a vítima recebeu um objeto de um conhecido. Ele pegou o item acreditando que se tratava de um rastreador veicular.

Pugliezzi foi orientado pelo colega a ativar o artefato, que explodiu causando graves lesões na mão e perfurações no peito.

Acionados, os policiais conseguiram localizar e prender o suspeito em Valparaíso (GO). O caso é investigado como tentativa de homicídio.


Siga-nos no Google News Portal CM7