Brasília Amapá |
Manaus

Falso pai de santo estuprava menores para “tirar espírito ruins”

Compartilhe

Brasil – Um homem de 35 anos que se apresentava como guru espiritual foi preso pela Polícia Judiciária Civil de Cáceres (225 km a Oeste) pelo cometimento dos crimes de violação sexual mediante fraude e estupro de vulnerável. As investigações conduzidas pela Delegacia Especializada de Defesa da Mulher de Cáceres apontaram que o suspeito F.W.R, conhecido como Gordinho, convencia adolescentes de que tinha uma espécie de conexão sobrenatural e fazia trabalhos espirituais para que elas alcançassem relacionamentos amorosos bem-sucedidos e retomassem namoros em crise.

Pelo menos três adolescentes, com idades de 15 a 17 anos, acreditaram na versão do suspeito e se submeteram a participar do suposto ritual espiritual que era conduzido por ele. De acordo com a delegada da Polícia Civil Judá Maali, o investigado solicitava que as garotas tomassem banho de ervas e as levava para a cama, passava mel no corpo delas e em seguida esfregava o órgão sexual dele na genitália das adolescentes.

Questionado pelas menores, em razão da estranheza do ato, o suspeito argumentava ser fundamental fazer isso para que pudesse sair líquido para afastar espíritos ruins que as perseguia e impossibilitava de obter o sucesso de seus relacionamentos amorosos. “O suspeito também dizia que precisaria fazer outras sessões do ritual, e elas se submetiam por medo que o relacionamento amoroso de cada uma delas não fosse bem-sucedido se não participassem dos atos”, explica a delegada que representou pela prisão preventiva do acusado, que foi deferida pela Justiça e cumprida na terça-feira, 17, no bairro Junco.

Urupá Notícias


Siga-nos no Google News Portal CM7