Brasília Amapá |
Manaus

Ex-marido de delegada m4ta os dois filhos por não aceitar divórcio; saiba mais

Compartilhe

Brasil – O ex-marido da delegada titular da Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher (Deam) de Cametá, Amanda Souza, matou a tiros os dois filhos do casal, uma menina de 9 e um menino de 13 anos, e tirou a própria vida em seguida.

O crime aconteceu por volta das 16h desta segunda-feira (10), na residência da família, na rua Coronel Raimundo Leão, bairro de Brasília.

Eles estavam em processo de divórcio e o homem não aceitava a separação.

De acordo com informações da Polícia Científica, que removeu os corpos dos dois menores por volta das 20h, a arma, tipo pistola, usada no crime foi encontrada dentro da casa.

A menina apresentava um ferimento e o menino três.

O homem foi identificado como o dentista Paulo César Viana, natural de Minas Gerais. Ele ainda chegou a ser socorrido com vida por uma equipe do Corpo de Bombeiros e encaminhado ao Hospital Regional de Cametá (HRC), mas não resistiu aos ferimentos e morreu pouco depois de dar entrada na unidade hospitalar.

A suspeita é de que ele atirou em si mesmo do queixo para cima, fazendo com que ocorresse uma espécie de “estouro” na região.

Segundo informações de moradores de Cametá, a delegada Amanda Souza já havia expulsado o ex-marido de casa e pedido para ele sair da cidade.

Paulo não aceitava essa condição e teria permanecido na residência. No momento do ocorrido, ele estava sozinho com os filhos.

Ainda conforme os moradores, o caso teria sido registrado por volta das 16h, trinta minutos antes da chegada da secretária do ex-casal.

Por volta das 20h desta segunda-feira, os corpos dos dois menores foram analisados e removidos.

Devido a cidade de Cametá não possuir sede da Polícia Científica, o serviço foi realizado por equipes do município de Abaetetuba, distante a mais de 130 km.

Com informações O Liberal 


Siga-nos no Google News Portal CM7