Manaus 32º
segunda-feira - 21 de novembro de 2022

Ex-desembargador defende prisão de Alexandre de Moraes por desrespeito à Constituição Federal; veja vídeo

Compartilhe

Brasil – O ex-desembargador Sebastião Coelho defendeu em discurso em Brasília, no domingo 20, a prisão do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) e presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Alexandre de Moraes.

Coelho, que já foi vice-presidente e corregedor do TRE/DF, afirma que mais de 80% do Judiciário brasileiro está insatisfeito com as decisões tomadas pelo ministro.

“Tenho visto, e eu disse naquela oportunidade, que a magistratura brasileira não está feliz”, disse o ex-desembargador. “Mais de 80% dos juízes e juízas do Brasil, de primeira e segunda instâncias, não estão de acordo com o que está fazendo o Supremo Tribunal Federal”, completou.

Durante o discurso, Coelho pediu aos manifestantes para retirar as faixas pedindo o fechamento do STF.

“Isso pode caracterizar um atentado contra a instituição. Não façam isso”, alertou. “A solução será prender Alexandre de Moraes”, diz Sebastião, explicando a base legal para a detenção do ministro do Supremo.

Possível prisão

Sebastião afirma que Moraes não respeita a Constituição Federal e que “seus crimes estão sendo cometidos com as suas decisões”.

“O senhor ministro Alexandre de Moraes, há muito não respeita a Constituição. Ele vem cometendo — e não vamos ofender o ministro –, há muito ele vem cometendo crimes, e a Constituição Federal diz que a prisão só pode ocorrer por ordem escrita de autoridade judiciária, ou seja, de um juiz, ou em flagrante delito”, exemplificou.

“Os crimes cometidos por Alexandre de Moraes estão sendo cometidos com as suas decisões. No momento que as decisões dele estão em vigor, o crime está acontecendo. Portanto, ele está em estado de flagrante delito.”

“O Estado Democrático de Direito do Brasil está rompido. Não existe mais. O Supremo Tribunal Federal viola a Constituição. Quem deveria tomar providência?”, questiona Sebastião. “O Senado da República.”

O silêncio do Congresso

Coelho também lamentou o silêncio dos senadores. “Infelizmente, não sei os motivos de os senhores senadores estarem quietos, concordando com essa situação.” “Resta ao presidente da República convocar as Forças Armadas para efetuar a prisão de Alexandre de Moraes.”

Veja o vídeo: 

*Com informações da Revista Oeste*.



Vitória Supermercados