Brasília Amapá |
Manaus

Entregador é balead0 após se recusar a deixar pedido na porta de cliente; veja vídeo

Compartilhe
Entregador é balead0 após se recusar a deixar pedido na porta de cliente; veja vídeo

Brasil – Na noite da última segunda-feira (4/3), um evento terrível abalou a tranquilidade de uma entrega rotineira no Rio de Janeiro. O entregador Nilton Ramon de Oliveira, de 24 anos, foi baleado por um cliente que se recusou a receber seu pedido na portaria de um endereço na zona oeste da cidade.

O autor do disparo foi identificado como o policial militar Roy Martins Cavalcanti. O incidente ocorreu quando Nilton estava realizando a entrega de bicicleta para o policial, que havia feito um pedido no estabelecimento Porto do Sabor, localizado na Praça Saiqui, em Vila Valqueire.

No portão do endereço, uma rua gradeada, o policial exigiu que o entregador levasse o lanche até sua casa no Rio. Nilton explicou que não era obrigado a subir, os dois iniciaram uma discussão por mensagens no aplicativo. Com a recusa do policial, Nilton acionou o protocolo de devolução do aplicativo e voltou para a loja Porto do Sabor.

Surpreendentemente, o policial seguiu Nilton até a Praça Saiqui, onde ocorreu um confronto verbal entre os dois. Em um momento tenso, o entregador questionou o motivo pelo qual o policial estava colocando a mão na cintura, recebendo como resposta uma negativa sobre estar armado. Em seguida, o entregador foi baleado na coxa pelo policial.

Após o incidente, Nilton foi operado e internado no Hospital Municipal Salvado Filho, localizado no Méier. Enquanto isso, o policial se apresentou na 30ª Delegacia de Polícia e um procedimento foi aberto na Corregedoria da Polícia Militar para investigar o caso.


Siga-nos no Google News Portal CM7