Brasília Amapá |
Manaus

Samara Felippo exige expulsão de alunas após filha sofrer racismo na escola

Compartilhe

Brasil – Uma adolescente de 14 anos, filha mais velha da atriz Samara Felippo, enfrentou um episódio de racismo na prestigiada escola Colégio Vera Cruz, em São Paulo. Segundo relatos, duas colegas do 9º ano pegaram o caderno da jovem, arrancaram folhas de um trabalho e escreveram uma ofensa de teor racial em uma das páginas.

Indignada e preocupada, Samara Felippo expressou sua revolta em uma carta compartilhada com outros pais da escola. Ela demandou a expulsão das duas alunas acusadas, argumentando que não há outra solução para um crime previsto em lei. Em diálogo com o G1, ela afirmou: “Sim, pedi expulsão das alunas acusadas pois não vejo outra alternativa para um crime previsto em lei e que a escola insiste relativizar.”

A atriz ressaltou ainda a importância de assegurar a segurança e a saúde mental não só de sua filha, mas também de outros alunos negros e não conformistas na escola. Para Samara, esse incidente não é um caso isolado, e ela espera que a instituição tome medidas enérgicas para combater o racismo.

Em resposta ao ocorrido, o Colégio Vera Cruz suspendeu as duas alunas envolvidas por tempo indeterminado e as excluiu de uma viagem escolar. Além disso, convocou as três adolescentes e suas famílias para uma reunião visando discutir o incidente. Em comunicado, o Vera Cruz classificou o episódio como uma agressão racista e reiterou seu compromisso com a luta antirracista.

* Com informações do Portal Em Off


Siga-nos no Google News Portal CM7