Manaus 32º
quinta-feira - 11 de agosto de 2022

Gusttavo Lima vence ao menos um dos processo por divulgação de número em música

Compartilhe

Brasil – A Justiça de Roraima julgou improcedente ação movida por um servidor público do estado contra o cantor Gusttavo Lima. O homem pedia uma indenização de R$48.480,00, alegando divulgação indevida do número do seu telefone celular na música Bloqueado, que é interpretada pelo artista. Ele alegou que teria recebido um total de 14 mensagens e quatro ligações.

Na sentença, o juiz Erasmo Hallysson Souza de Campos destaca que o dano moral não pode ser presumido, de modo que incumbe à parte requerente demonstrar, ao menos minimamente, o abalo moral ou psíquico suportado pela situação trazida em juízo, o que não teria sido feito.

O magistrado também cita que o número telefônico indicado nos autos divergiria daquele mencionado na obra musical Bloqueado. Na canção também não há menção ao prefixo da região do servidor.

Em nota, a assessoria de Gusttavo Lina informou que “demais processos referentes à música Bloqueado que estão em andamento estão sob os cuidados pela Assessoria Jurídica do cantor, por intermédio de seu advogado Cláudio Bessas”

“Como já mencionamos anteriormente, é importante ressaltar que Gusttavo Lima é apenas o intérprete da música. Os compositores são as pessoas que criam a obra e inseriram um número aleatório, sem indicar quem seja, muito menos o DDD”, diz o comunicado.

*Com informações do Metrópoles*.

Vitória Supermercados