Brasília Amapá |
Manaus

‘6 por meia dúzia’: Luva de Pedreiro ganha menos com Falcão do que com antigo empresário

Compartilhe
'6 por meia dúzia': Luva de Pedreiro ganha menos com Falcão do que com antigo empresário

Brasil – Uma batalha judicial envolvendo o popular influenciador digital Luva de Pedreiro está revelando detalhes surpreendentes sobre a disputa entre o influenciador e seu ex-empresário, Allan Jesus. Documentos vazados mostram uma notável discrepância nos valores de receita recebidos por Luva de Pedreiro após sua mudança de agenciamento em julho de 2022, quando passou a ser representado pelo ex-jogador de futsal, Falcão.

Segundo informações reveladas pelos autos do processo, o influenciador Luva de Pedreiro, que atualmente recebe um salário mensal de R$100 mil, enfrentou uma queda impressionante de 45% em sua receita relacionada a parcerias e publicidades com marcas após a mudança de agenciamento.

De acordo com documentos específicos do processo registrado sob o número 0816317-24.2022.8.19.0209 na 2ª Vara Cível da Regional da Barra da Tijuca, Luva de Pedreiro encerrou seu contrato com Allan Jesus em julho de 2022, dando início a uma nova fase em sua carreira. Durante esse período, a receita proveniente de acordos publicitários teria ultrapassado a impressionante marca de R$3 milhões.

No entanto, o que chama a atenção é o pagamento substancialmente reduzido que Luva de Pedreiro teria recebido em julho de 2023. Segundo uma perícia técnica realizada nos depósitos judiciais, o influenciador teria recebido um montante um pouco superior a R$63 mil.

Documentos disponíveis no site do Tribunal de Justiça do Rio também destacam que “O faturamento da nova gestão é menor que a metade do faturamento na gestão dos Requerentes, por representar 45,71% (R$ 236.001,68 / R$ 516.254,61). Do ponto de vista comparativo, é possível inferir que os depósitos judiciais não representam 30% (trinta por cento) do faturamento bruto do negócio ‘Luva de Pedreiro’”.

Além disso, o documento aponta que o valor faturado durante a gestão de Allan Jesus teria sido alcançado em apenas quatro meses, enquanto o valor faturado até agora com o novo empresário (Falcão) teria sido conquistado em 14 meses.

Outro detalhe surpreendente revelado pela perícia é que Luva de Pedreiro teria recebido apenas R$7 mil em um mês de parceria com a gigante do mercado de E-Sports, Loud, para fazer publicidade.

O documento completo da perícia foi protocolado em 15 de setembro de 2023 e está disponível para consulta no site do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro, revelando uma série de informações sobre a situação financeira do influenciador digital.

Até o momento, a assessoria de Allan Jesus não respondeu aos nossos pedidos de contato, enquanto a assessoria do influenciador Luva de Pedreiro informou que não fará comentários sobre o caso. A batalha judicial continua, e a comunidade digital aguarda ansiosamente para ver como essa disputa se desenrolará nos tribunais.


...........

Siga-nos no Google News Portal CM7