Brasília Amapá |
Manaus

Desempregadas e carentes de macho, boazudas protagonizam UFC ‘topzeira’ no interior do AM; veja vídeo

Compartilhe

Amazonas – A falta de uma carteira assinada afeta milhares de brasileiros, que acabam sendo excluídos de uma rotina comercial, de maiores responsabilidades. Enquanto isso, a rua e a bebida acolhe, mas até que ponto isso é saudável? Muitas pessoas utilizam do álcool para tomarem atitudes que jamais tomariam se estivessem sóbrias e, consequentemente, anulam qualquer percentual de amor próprio existente no peito. Dito isso, vamos falar de uma pancadaria que começou entre duas blindadas e acabou com quatro, todas rolando no chão.

O caso, que aconteceu na madrugada dessa segunda-feira (06), no município de Uarini, no Amazonas, e está viralizando nas redes sociais.

Tudo começou quando uma mulher recebeu, através do seu Face, um convite para beber em com um homem uma conveniência. Tudo 0800! Ela então topou, botou seu melhor look e seu bom perfume natural do óleo da bota e foi ao encontro.

Ela, como não é lesa nem nada, chamou uma amiga para o homem pagar tudo para elas. Acontece que, ela não sabia, que este garanhão era casado.

Após beber algumas latinhas de Glacial e umas doses de Catuaba, a boazuada foi surpreendida pela esposa do homem, que já chegou lhe dando um tapa e lhe chamando de rapariga arrombada.

A todo momento, a amiga que foi beber de graça tentou apartar e também acabou saindo no soco com outro mulher, com a amiga da corna braba.

A boazuda, que só queria beber de graça pois não tinha nada para fazer na segunda-feira de manhã,  acabou levando uma surra. Ela tentou revidar no homem, que não sinalizou que era comprometido e tampouco que sua esposa era surtada.

A esposa também estaria alcoolizada e a baixaria rolou solta.

Veja vídeo: 


Siga-nos no Google News Portal CM7