Brasília Amapá |
Manaus

Com gol nos acréscimos, Neymar iguala Pelé como maior artilheiro da seleção brasileira em Copas

Compartilhe

Brasil – Neymar escreveu mais um capítulo da história com a Seleção Brasileira nesta sexta-feira (9/12), na prorrogação contra a Croácia, pelas quartas de final da Copa do Mundo. O camisa 10 marcou o 77º gol dele pelo Brasil, – o segundo nesse Mundial – e igualou ao número de gols feitos por Edson Arantes do Nascimento, o Rei Pelé. O atacante agora tem a chance de quebrar e se isolar na artilharia tupiniquim a marca ainda durante o Mundial no Catar.

Ao todo, Neymar atuou em 124 jogos e marcou 77 gols. O Japão é a maior vítima do atacante brasileiro, com nove gols sofridos. Na sequência, aparecem Peru (6) e Estados Unidos (5). O país europeu que mais sofreu com gols de Neymar foi a Croácia, que viu brasileiro marcar quatro vezes na história.

A primeira vez que Neymar marcou pela Seleção Brasileira foi em 2010, em um amistoso contra os Estados Unidos, em Nova Jersey. Na ocasião, o time verde-amarelo saiu com a vitória por 2 x 0.

Pelé tem menos partidas, porém soma a mesma quantidade de gols que Neymar. O ex-jogador entrou em campo 92 vezes. O Rei do Futebol foi um dos maiores carrascos do Paraguai. Pelé balançou a rede 11 vezes contra os vizinhos sul-americanos. Argentina e Chile sofreram oito gols do ídolo brasileiro cada. Uma das seleções favoritas ao título da Copa do Mundo Qatar-2022 não escapou do Rei. A França tomou seis bolas na rede, três delas na Copa do Mundo 1958 – o único hat-trick do lendário atacante em Mundiais.

Principais artilheiros

Além de Pelé e Neymar, outros nomes também completam a lista de artilheiros da Seleção Brasileira. Ronaldo é o terceiro jogador que mais marcou pela equipe tupiniquim, com 62 gols. Romário (55), Zico (48), Bebeto (40), Rivaldo (35), Jairzinho (35), Ronaldinho Gaúcho (33) e Ademir de Menezes (32) fecham o top 10.


Siga-nos no Google News Portal CM7