Manaus 32º
sexta-feira - 12 de agosto de 2022

Serviço precário da operadora Claro deixa Carauari isolada e população cobra providências

Compartilhe

Amazonas – Moradores de Carauari (a 787 quilômetros da capital amazonense), voltam a reclamar sobre a instabilidade e precariedade dos serviços de telefonia móvel e internet oferecidos pelas operadoras de telecomunicação que atuam na região, em especial da operadora Claro. A situação é recorrente e vem sendo denunciada pelo vereador Airton Siqueira (Progressistas) à Assembleia Legislativa e aos órgãos de defesa do consumidor do estado.

De acordo com a denúncia exclusiva feita pelo vereador Airton Siqueira ao Portal e TV CM7 Brasil, a equipe técnica da Claro passou uma semana no município para trocar equipamentos e instalar uma nova antena de rádio para fazer a cobertura de pontos cegos da cidade. Porém, só piorou mais a situação que já era crítica.

“Aqui a Claro tinha o melhor sinal e a melhor internet. Não era essas coisas, mas pelo menos a gente conseguia baixar um vídeo, abrir um link e conseguíamos até ligar normal. Era um serviço que a gente poderia considerar razoável, mas aí chegou uma equipe em Carauari, passou uma semana, trocaram equipamentos, colocaram uma nova antena de rádio para melhorar o sinal e deixar mais forte e fazer a cobertura dos sinal dos pontos cegos que não atingia em determinados pontos, e a população animada e pensando que o sistema ia melhorar, mas na verdade piorou e piorou feio, porque hoje a gente não consegue acessar nada. A internet está praticamente acho que zero, piorou de vez”, afirmou o vereador.

Nas redes sociais, as denúncias são semelhantes. Os internautas seguem cobrando o poder público, para que intervenham junto às empresas, uma melhoria dos serviços.

Procurado pela reportagem, o deputado Álvaro Campelo (PV), que é membro titular da Comissão de Defesa do Consumidor da Aleam, afirmou que este é um problema recorrente na cidade, que precisa da imediata ação dos responsáveis pelos serviços ofertados e providências mais duras por parte dos órgãos de defesa do consumidor.

“O cenário em Carauari é terrível. As operadoras prestam um péssimo serviço à população. Quem ainda prestava um serviço “meia boca” era a Claro, e agora nem isso. Tomaremos as providências necessárias para fazer o direito dos consumidores de Carauari”, afirmou o parlamentar.

Vitória Supermercados