Brasília Amapá |
Manaus

Saiba quem é ‘Davi dos Feirantes’, que agred1u trabalhador na Manaus Moderna; veja vídeo

Compartilhe
Saiba quem é 'Davi dos Feirantes', que agred1u trabalhador na Manaus Moderna; veja vídeo

Manaus – Um vídeo chocante que está circulando nas redes sociais deste sábado (20/1), mostra um crime revoltante na Feira da Manaus Moderna, localizada no Centro da cidade. O agressor, identificado como Davi Lima da Silva, mais conhecido como “Davi dos Feirantes”, foi flagrado agredindo um homem nas dependências da feira, enquanto era acompanhado por seguranças.

As imagens registradas por câmeras de segurança no local mostram o momento em que “Davi dos Feirantes” chega à feira, cercado por seguranças, e logo em seguida se envolve em uma discussão com um homem não identificado. Sem hesitar, o “líder comunitário” desfere um tapa no rosto do indivíduo, que chega e desequilibrar. Em seguida, Davi dos Feirantes volta a se aproximar da vítima e dá um outro tapa no rapaz, que foge em seguida.

Após a agressão, “Davi dos Feirantes” prossegue sua visita à feira como se nada tivesse ocorrido, deixando perguntas sobre o motivo da violência e a relação com a suposta representação dos trabalhadores da Manaus Moderna. Veja vídeo:

“Davi dos Feirantes” é identificado como presidente da associação que representa os trabalhadores da Feira da Manaus Moderna, conforme informações presentes em suas redes sociais. Vale ressaltar que em 2018, ele se candidatou a deputado federal pelo Avante, partido do prefeito de Manaus, David Almeida, mas não obteve êxito nas eleições.

Não é a primeira vez que o nome de Davi Lima da Silva está associado a polêmicas. Em 2019, o presidente do Sindicato dos Feirantes foi preso no município de Rio Preto da Eva, em razão de seu envolvimento em um esquema de extorsão, sequestro e roubo de cargas, que também incluía membros da Polícia Militar.

A prisão foi decorrente de um mandado expedido pelo juiz Carlos Henrique Jardim da Silva, sendo Davi acusado de participar diretamente da extorsão realizada por policiais que exigiram R$ 50 mil do gerente do Lojão Caruaru. As investigações apontam que Davi teria até mesmo seguido os policiais em seu carro durante a abordagem ao gerente e a um caminhão carregado de mercadorias em Rio Preto da Eva.


...........

Siga-nos no Google News Portal CM7