Brasília Amapá |
Manaus

PODRIDÃO: 1,6 toneladas de carne estragada são encontradas no Supermercado DB do Centro; veja

Compartilhe
PODRIDÃO: 1,6 toneladas de carne estragada são encontradas no Supermecado DB do Centro; veja

Manaus – Na tarde de segunda-feira (18/3), a Diretoria de Vigilância Sanitária (Visa Manaus) da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) conduziu uma operação de fiscalização no supermercado DB, localizado na avenida Eduardo Ribeiro, zona Sul de Manaus. A ação, realizada em conjunto com a Delegacia Especializada em Crimes contra o Consumidor da Polícia Civil (Decon), resultou na apreensão de 1,6 tonelada de carne bovina que estava em condições irregulares de armazenamento e manipulação.

Segundo o diretor em exercício da Visa Manaus, Ricardo Celestino, a operação foi desencadeada após uma denúncia sobre a venda de carne imprópria para consumo no estabelecimento. Os fiscais constataram diversas irregularidades, incluindo o congelamento inadequado das peças pelo próprio supermercado, embalagem para venda sem as informações obrigatórias de procedência e data de validade, além da ausência de selo de inspeção sanitária.

“Essas práticas inadequadas colocam em risco a segurança alimentar dos consumidores, uma vez que não é possível garantir a qualidade e a procedência dos produtos”, explicou Celestino.

Em decorrência das infrações constatadas, os responsáveis pelo supermercado enfrentarão um Processo Administrativo Sanitário, sujeitos a multas que variam de 1 a 400 Unidades Fiscais do Município (UFM), com valor unitário atual de R$ 139,82, além de outras sanções cabíveis.

A carne apreendida durante a operação foi retirada do estabelecimento e destinada ao descarte adequado pelos fiscais, garantindo assim a proteção da saúde pública.

A Visa Manaus reforça a importância da participação da população na fiscalização sanitária, encorajando denúncias de irregularidades relacionadas a produtos e serviços. Os cidadãos podem entrar em contato com a Ouvidoria da Visa Manaus pelo número (92) 98842-8481 ou pelo e-mail [email protected];


Siga-nos no Google News Portal CM7