Manaus 32º
terça-feira - 28 de junho de 2022

DNIT de Rondônia assume 500 quilômetros da BR-319 situados em território amazonense

Compartilhe

Amazonas – O Departamento Nacional de Transportes (DNIT) transferiu a administração de quase 500 quilômetros da BR-319, situados em território amazonense, para a Superintendência Regional do DNIT de Rondônia. A decisão f0i publicada no boletim informativo da última quinta-feira (23).

O  trecho em questão está localizado entre os quilômetros 250,7 e 740. A área engloba uma das partes mais críticas da rodovia, conhecida como “trecho do meio”, situada entre os quilômetros 250 e 655, cortando seis cidades do Amazonas: Careiro Castanho, Manicoré, Beruri, Tapauá, Humaitá e Canutama.

Em nota, o DNIT informou que a mudança busca dar dinamismo aos trabalhos que necessitam ser realizados na rodovia, pois “as equipes do Departamento em Rondônia estão localizadas em pontos mais próximos a esse segmento”.

A rodovia

A BR-319 é uma das prioridades do Governo Federal, e o DNIT trabalha para garantir maior trafegabilidade à rodovia durante todo o ano. A BR é a única ligação rodoviária entre Manaus, capital do Amazonas, e Porto Velho, capital de Rondônia, por isso é fundamental para o transporte de pessoas e para a integração social dessas regiões – que hoje contam somente com transportes aéreo e fluvial.

 

Via G1

Vitória Supermercados