Brasília Amapá |
Manaus

Amazonas tem aumento de 263% no número de novos casos de Covid-19; veja vídeo

Compartilhe
Amazonas tem aumento de 263% no número de novos casos de Covid-19; veja vídeo

Amazonas – O Estado do Amazonas enfrenta uma situação preocupante com um aumento significativo de 263% no número de novos casos confirmados de Covid-19 em apenas uma semana, de acordo com o último boletim semanal divulgado pela Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas – Dra. Rosemary Costa Pinto (FVS-RCP).

No período de 31 de dezembro a 6 de janeiro, o estado registrou 218 novos casos da doença, sendo 149 na capital e 69 no interior. Comparado ao boletim anterior, que contabilizou 60 novos casos confirmados de 24 a 30 de dezembro, observamos um aumento significativo em um curto intervalo de tempo.

É importante destacar que, apesar do aumento expressivo nos casos, não foram registradas mortes pela doença durante o período informado no último boletim, durante o período de 31 de dezembro a 6 de janeiro.

Segundo Lilian Furtado, da Gerência de Vigilância de Doenças Transmissíveis (GVDT) da FVS-RCP, o período chuvoso, que vai de outubro a junho, contribui para o aumento da circulação de vírus respiratórios, incluindo o causador da Covid-19. Durante este inverno amazônico, ela reforça a importância das medidas preventivas, como a etiqueta respiratória, higienização das mãos e, especialmente, a vacinação.

“A prevenção é etiqueta respiratória, cobrindo a boca e nariz com lenços de papel ao tossir, higienizar as mãos com álcool 70, manter locais, pacientes sintomáticos devem usar máscaras. Também não podemos esquecer da vacinação que é a principal via de prevenção da Covid-19”, orientou Furtado.

Devido ao aumento de casos, a Secretaria de Estado de Saúde do Amazonas emitiu uma nota técnica reforçando a importância das medidas preventivas e de controle contra a Covid-19, orientando profissionais de saúde sobre a situação epidemiológica.

Desde o início da pandemia, o Amazonas acumula 638.903 casos da doença e 14.484 mortes. Apesar do aumento nos casos, não houve registro de mortes na primeira semana de 2024.

Em relação à vacinação, dados parciais do Programa Nacional de Imunizações revelam que 9.754.957 doses foram aplicadas no estado até o dia 10 de janeiro. A cobertura vacinal é de 72,9% na população contemplada, com a diretora-presidente da FVS-RCP, Tatyana Amorim, enfatizando a importância da vacinação e reforçando as práticas essenciais para a redução da transmissão do vírus. A meta do Programa Nacional de Imunizações é atingir 90% de cobertura vacinal na população com 6 meses de idade ou mais.


...........

Siga-nos no Google News Portal CM7